Cobrança a mais na fatura.

GVT Por Pedro JOINVILLE/SC - 29/5/2013 às 1:40:26

Foi contratada a Velocidade de 35Mb para a minha residência. O sinal oscilava demais e sempre caía, pelo menos uma vez ao dia. Contatei a GVT, e um técnico foi mandado à minha residência, e ele disse que o problema era que minha residência ficava muito longe da "repetidora" e que o sinal chegava aqui fraco, por isso oscilava tanto e caía muito seguido. Disse que uma das soluções a se tomar, era diminuir a velocidade, pois assim chegaria até minha casa uma boa qualidade de sinal e sempre constante, sem oscilações e perda de sinal. Eu aceitei a proposta.
Imediatamente ele, na minha frente, ligou na GVT e pediu o downgrade de velocidade de 35Mb para 10Mb, até aí tudo bem. O downgrade ocorreu no começo do mês de dezembro, a fatura que veio em janeiro, ainda veio referente aos 35Mb. Os problemas começaram no mês seguinte, quando as contas continuaram vindo com o valor de 35 Mb de velocidade de sinal contratado.
Liguei a primeira vez e falaram que tudo seria resolvido e que o valor seria alterado e que a fatura corrigida viria em breve. Mas a alteração no cadastro da GVT não foi feita, e até hoje, mês de maio, estão me cobrando a velocidade de 35Mb, cada mês que chega uma nova fatura, sou obrigado a ligar, ficar ao menos um hora no telefone e não conseguir solucionar um problema, apenas adiá-lo em um mês.
Isso é uma vergonha, não conseguir resolver um problema simples para um cliente que não atrasa suas contas com a empresa, e que não é bem atendido, pois meus problemas nunca são resolvidos.

  • Compartilhe esta reclamação no G+.
  • Eu apoio!
Compartilhe esta reclamação

Respostas e Réplicas:

Comentários:

  • Maria
    me ligaram ofereram um cartao do iaucard eu aceitei fiz compra de 500 reais o banco esta me cobrando quase o dobro da compra no valor de 984 e uns centavos nao estou entendendo nada o banco itau nao parcelou as minhas compras liguei para o banco 08005700011 para ouvidoria a atendente do banco ainda me mautratou f pra mim q nao p c
    em 13/11/2014 às 18:52:55

Últimas reclamações contra GVT!